ERRO GROSSEIRO DE ARBITRAGEM PREJUDICA FORMOSA ESPORTE

Arbitragem prejudica Formosa EsporteNa manhã deste domingo (25/02), o Estádio Augustinho Lima foi  palco de mais um triste capítulo na história do já combalido futebol de Brasília. O quarteto de arbitragem capitaneado pelo Sr. Felipe Barbosa protagonizou uma cena lamentável no jogo válido pela 8ª rodada do Campeonato Candango 2018, entre Paranoá x Formosa Esporte.  O jogo era fundamental para as pretensões das duas equipes na competição, e ambas buscaram o gol durante boa parte do jogo. A equipe visitante começou nervosa em campo, mas logo se encontrou e quase abriu o placar em chute de fora da área de Marcos Paullo que obrigou o goleiro a fazer a defesa parcial e a bola ainda tocou a trave antes de sair em escanteio. Poucos minutos depois o Formosa Esporte abriu o placar após boa trama entre Weslley Brasília e Marcos Paullo, o meia alviverde achou Cardoso livre entre os zagueiros que só teve o trabalho de escolher o canto e bater forte para fazer o seu terceiro gol no campeonato e abrir o placar para o Tsunami do Cerrado.

O Tsunami continuou criando oportunidades e buscando o segundo gol. No entanto, no fim do primeiro tempo ocorreu um erro desastroso por parte do quarteto de arbitragem e principalmente pelo árbitro da partida Sr. Felipe Barbosa. Em uma bola alçada na área o goleiro Pedro Ferreira sofre falta do atacante do Paranoá em disputa aérea, falta essa que não foi assinalada pela arbitragem. Se não bastasse a não marcação da falta, quando da reposição da bola em jogo, o atacante adversário que está atrás do goleiro supostamente se choca contra o braço do goleiro e simula uma agressão alguns segundos depois, o árbitro então decide marcar pênalti contra o Formosa e ainda expulsa o goleiro formosense, deixando a equipe com apenas 10 homens em campo.

O treinador Lucas de Oliveira então se viu obrigado a mexer na equipe e sacou o meia Albano para a entrada do goleiro Daniel Santos. E como diz o ditado “pênalti mal marcado não entra”, o goleiro formosense defendeu a cobrança do pênalti. A partir deste momento o constrangimento tomou conta do estádio Augustinho Lima em função do erro grosseiro cometido pela arbitragem, registrado pelas lentes dos veículos de imprensa que cobriam o jogo. No início do segundo tempo a equipe do Paranoá conseguiu o empate. A equipe do Tsunami já abalada pelo ocorrido no primeiro tempo, ainda buscou o gol, criou oportunidades, mas não conseguiu e a partida ficou mesmo em 1 x 1.

Após a partida o constrangimento de todos os presentes foi ainda maior e a marca do jogo foi a de uma arbitragem desastrosa, o espetáculo comprometido, a equipe visitante bastante prejudicada e mais um capítulo triste para o futebol candango. Lamentável!

O Formosa Esporte volta a campo no próximo dia 28/02 às 16 h no Estádio Diogão frente a equipe do Luziânia.

O JOGO

Jogo: Paranoá 1 x 1 Formosa Esporte
Gol: Cardoso
Local: Estádio Augustinho Lima
Data: 25/02/2018

Compartilhe com seus amigos...Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter

One thought on “ERRO GROSSEIRO DE ARBITRAGEM PREJUDICA FORMOSA ESPORTE

  1. Reportagem expressa exatamente o que aconteceu, porém é notório, visível, alarmante o que eu estou presenciando da arbitragem contra o time do Formosa… em 6 jogos que presenciei percebi uma arbitragem parcial sempre buscando prejudicar a equipe. E pergunto porque???? Qual motivo desse projeto para prejudicar uma cidade inteira… será político? Será que um time de Goiás não pode chegar a uma final?
    Espero que a federação busque a resposta é de explicações para uma cidade por tantos erros ou imparcialidade assim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *